Foi um desafio encontrá-los e a sua formação foi um grande investimento para si. Por essas razões, quer garantir que tenham ao seu dispor as ferramentas de que depende não só o seu sucesso, mas também o dos seus futuros colegas.

Estamos a falar dos especialistas, cuja importância para a sua organização tão facilmente reconhece.

Com os avanços tecnológicos atuais, a partilha de conhecimento entre pares nunca foi tão fácil. No entanto, se procura uma verdadeira vantagem competitiva, apenas o email não é suficiente, sobretudo quando se pretendem partilhar ideias complexas cuja compreensão depende de suportes visuais.

A adoção do vídeo em contextos corporativos é reconhecida como uma tendência crescente pelo analista da Forrester Research, Leslie Owens. “Os profissionais da comunicação de hoje usam o vídeo para muito mais do que comunicações internas. À medida que a tecnologia vídeo evolui, surge a oportunidade de partilhar conhecimento com os seus colegas através do vídeo. Será comum para estes profissionais produzir e consumir vídeo como parte do seu trabalho. 45% dos profissionais ligados às novas tecnologias afirmam já ter visto algum tipo de vídeo para o seu trabalho.”

Devido à popularidade do vídeo e à sua capacidade de transferir conhecimentos com uma eficácia incomparável, o papel do mesmo na comunicação entre colaboradores está em rápida expansão… e apesar do vídeo ter sido, rapidamente, adotado para os mais diversos fins em várias organizações (formação em larga escala, gestão do conhecimento, promoção da visibilidade do trabalho desenvolvido e comunicação corporativa), o aspeto social do vídeo pode significar que a aplicação mais importante da tecnologia é ao nível posto de trabalho, como facilitador da formação informal entre pares.

O que faz do vídeo uma ferramenta de aprendizagem social tão poderosa?

Claire Schooley, da Forrester Research, define a formação informal como um “ambiente de trabalho onde os colaboradores assumem como sua responsabilidade a sua própria formação, com o apoio de empregadores que colocam ao seu dispor todos os conteúdos e ferramentas necessárias”. A aprendizagem social, como Schooley distingue, é um subconjunto da aprendizagem social, no qual os colaboradores aprendem uns com os outros.

Existem três grandes razões para o vídeo ser uma ferramenta eficaz de aprendizagem social:

  1. O vídeo é visual – conceitos complexos não precisam de ser descritos, podem ser mostrados;
  2. O vídeo é rápido – gravar é mais rápido que escrever e ver um vídeo é mais rápido que ler;
  3. O vídeo está disponível – os ficheiros podem ser guardados numa biblioteca e partilhados de acordo com as necessidades, o que significa que podemos ter acesso ao conhecimento, mesmo quando não temos acesso ao especialista.

Em muitas das empresas que, atualmente, se encontram mais focadas no futuro, o vídeo é usado em paralelo com emails, mensagens instantâneas e outros meios de comunicação como apenas mais uma opção para os colaboradores partilharem o seu conhecimento. Fique a conhecer o que está a acontecer em firmas de advogados, empresas ligadas às tecnologias e na área financeira.

Com a PANOPTO, nunca foi tão fácil para os seus colaboradores partilhar de forma eficaz o seu conhecimento, aprender com os seus pares e atingir o seu verdadeiro potencial. Coloque ao dispor dos seus colaboradores os meios necessários para que estes partilhem e assimilem as melhores práticas na sua organização.

Para ficar a conhecer de que forma a PANOPTO pode ajudá-lo a preservar e partilhar o conhecimento dentro da sua organização, entre em contacto com a nossa equipa para solicitar uma demonstração ou iniciar um trial gratuito de 30 dias.

Fonte: PANOPTO